Sevilha

Aproveitei o final do verão na Europa e planejei uma viagem para Sevilha e Algarve com minha mãe e meu marido. Essa época é boa, pois ainda está calor, os lugares não estão cheios de turistas e os preços não estão abusivos.

Plaza de Espana Continuar lendo

Anúncios

Hospedagem em Sevilha e Algarve

Planejamos uma viagem para Sevilha e Algarve na terceira semana de setembro, já que não era mais alta temporada e ainda estava calor. Adorei viajar nessa época, pois ainda pegamos um tempo muito bom, os preços não estavam altos e os locais bem mais vazios.

Continuar lendo

Hospedagens em Reykjavik

Fomos duas vezes para a Islândia (out e dez de 2014) e na primeira delas ficamos em um albergue. Já na segunda alugamos um apartamento, pois viajamos em 5 pessoas. Recomendo muito os dois lugares, pois possuem ótimas localizações e ficamos super satisfeitos com o atendimento e estrutura dos locais.

Continuar lendo

Hospedagem em Lisboa

Alugamos um apartamento através do Airbnb, que sou super fã, e mais uma vez deu tudo mega certo e não me arrependi nenhum pouco. Alugamos o apartamento do Isaac – Large sunny flat in central Lisbon, que ficava pertinho da estação Anjos de metrô. Não fica naquele centrão, mas o acesso para tudo é super fácil. O famoso bonde 28 passa na rua ao lado e o metrô fica a 2 minutos de caminhada do local.

DSC05339

Continuar lendo

Dia 1 – Budapeste

Chegamos no aeroporto de Budapeste lá pelas 12h, fomos direto sacar um pouco de dinheiro no ATM e comprar as passagens para o transporte público. Logo no desembarque você avistará o guichê vendendo os bilhetes. O funcionário sugeriu que comprássemos o passe para grupo: até 05 pessoas podiam utilizar o transporte público por 24h a contar a partir da compra do bilhete pelo custo de 3.300 HUF.

Continuar lendo

Hospedagens no Leste Europeu

Como estávamos em 04 pessoas (02 casais) e meus amigos vieram do Brasil para viajarmos e passarmos um tempo juntos, acabei optando por alugar apartamentos em todas as cidades. Assim conseguíamos ficar mais tempo juntos, além de ficarmos mais a vontade num flat “nosso”. Na minha opinião a decisão foi super acertada, pois amei ter ficado mais tempo com eles e tínhamos mais liberdade num apartamento maior, ao invés de ficarmos separados e apenas num quarto apertado de hotel.

Posso dizer que o apartamento de Budapeste foi um dos melhores (se não o melhor) apartamento que já aluguei! Isso porque a Gabriella (dona do apartamento) é uma fofa e me ajudou pacas! Respondeu prontamente todos os meus mil emails com as mais variadas dúvidas, me mandou dicas da cidade, nos recebeu com sua simpatia no primeiro dia, e de além de tudo isso foi conosco até a bilheteria da MAV Elvira comprar os bilhetes de trem (Budapeste – Viena)! Eu recomendo 100% esse apartamento para até 05 ou 06 pessoas.

DSC00565

Continuar lendo

Hospedagens na Croácia

Nossas hospedagens na Croácia não poderiam ter sido melhores. Simplesmente adoramos todos os lugares que ficamos! Colocarei os detalhes de cada um nesse post 🙂

  • Zagreb

Nome: Hostel Shappy
Tipo de hospedagem:
 Albergue
Tipo de quarto que ficamos:
quarto duplo com banheiro privativo
Localização:
Perto da popular praça Trg Petra Preradovica, também conhecida como Flower Square. Há diversos restaurantes e bares com suas mesas do lado de fora e também diversas lojas na região.
Pontos fortes:
Localização excelente, atendimento muito bom, albergue bem cuidado e limpo, garagem com portão de segurança com senha sem custo adicional, e ainda ganhamos um upgrade, já que o albergue não estava cheio (fechamos um quarto twin com banheiro privativo do lado de fora do quarto e acabamos pernoitando em um quarto com cama de casal com banheiro dentro do quarto). Além disso, eles ofereceram toalhas.
Itens a serem melhorados:
Só achei um pouco difícil encontrar por causa da sinalização, mas não chega a ser um ponto negativo.

DSC_(13)

DSC_(14) DSC_(9) DSC_(5)

  DSC_(7)

DSC_(15)

Em frente do albergue

  • Zadar

Nome: Boutique Hostel Forum
Tipo de hospedagem:
 Albergue
Tipo de quarto que ficamos:
 quarto misto com 04 camas (banheiro e chuveiro dentro do quarto)
Localização:
 Em frente a igreja Sv Donat. Possui vários restaurantes e bares na praça em frente e estacionamento público (pago, exceto aos domingos) a poucos metros de distância na Liburnska obala. As camas ficam em pods  com janelas e os pertences podem ser guardados em gavetões trancados em baixo da cama.
Pontos fortes:
 Localização excelente num calçadão, atendimento muito bom, albergue bem cuidado e limpo, restaurantes próximos, e deixaram na porta do quarto um café da manhã take-away para nós como cortesia. Também ofereceram toalhas sem custo.
Itens a serem melhorados:
 Se você tem sono leve e ficar num quarto de frente para a praça, o barulho dos sinos poderão incomodar. Além disso, também se escuta um pouco do barulho de quem passa no corredor.

 

DSC_(1377) DSC_(1376)

DSC_(1383)

Em frente do albergue

 

 

  • Hvar

Nome: Dorina Hvar
Tipo de hospedagem:
 Apartamento
Localização:
 Perto do terminal de ônibus e há 05 minutos andando da Riva. Restaurantes, supermercado e locadoras de veículos próximos do apartamento.
Pontos fortes:
 Localização boa, Dalia é muito atenciosa e sempre procurando ajudar, lugar calmo e silencioso. Além disso, foram nos buscar no porto e nos levaram para o apartamento.
Itens a serem melhorados:
 O apartamento fica um pouco abafado depois do banho, pois tem pouca janela, mas nada que tenha atrapalhado. Deixávamos a porta um tempo aberta a noite. DSC_(1708) DSC_(1717) DSC_(1711)               DSC_(1719)

  • Dubrovnik

Nome: Galileo
Tipo de hospedagem:
 Apartamento
Localização:
 Na praça Gundulićeva poljana, com restaurantes na porta e feira de manhã. Apartamento bem central na cidade. Excelente!
Pontos fortes:
 A localizaçao não poderia ser melhor! E a Blanka é uma fofa que nos recebeu muito bem com licor e apfelstrudel que ela mesma tinha feito para nós. Além disso, ela já deixa mapas e guias separados para os hóspedes e explica e dá dicas sobre a cidade. O apartamento tem até máquina de lavar roupa.
Itens a serem melhorados:
 Não há elevador no prédio, mas são poucas escadas. O aquecedor de água é pequeno, portanto não é possível que duas pessoas tomem banho uma seguida da outra. É preciso esperar um tempo entre os banhos.

 

DSC_(2563) DSC_(2561)

DSC_(2565) DSC_(2566)

DSC_(2653)

Em frente ao apartamento

 

 

 

 

 

 

 

Como eu já comentei, adoramos TODAS as nossas hospedagens e não mudaríamos nada. Com certeza se voltarmos à essas cidades, repetiremos os locais!

Mobiliando a Casa

Após muitas visitas para achar um apartamento para alugar em Londres, percebi que a maioria tem poucos armários. No apartamento que aluguei por exemplo, tem apenas um armário e um gaveteiro pequeno no quarto para duas pessoas e não há armário no banheiro, ou seja, não tem lugar para guardar as coisas. Então fui à procura de lojas para comprar poucos móveis, eletrônicos e eletrodomésticos e aqui estão algumas delas.

B&Q: Loja parecida com o C&C em São Paulo. Uma loja mais focada em construção (vende ferramentas, lâmpadas, alguns móveis, eletrodomésticos, etc).

Ikea: Loja grande de móveis e utensílios domésticos que tem preço baixo. A loja tem um percurso que faz você passar por todos os departamentos, você vai marcando as referências dos móveis que deseja, depois busca no galpão e coloca em seu carrinho para ir até o caixa. Fica um pouco afastado do centro de Londres, mas fui a Tottenham e foi super fácil (peguei a Victoria Line até a estação Tottenham Hale e depois peguei o ônibus 192 que pára na porta do Ikea). Eles possuem um serviço de entrega a domicílio e o custo varia de acordo com sua compra total, mas começa em 15 libras e a entrega é feita no dia seguinte.

475927237_e1b1791e6a

Currys: Loja de eletrônicos e eletrodomésticos. Também é possível comprar pela internet com frete grátis.

Argos: Loja de catálogo que vende eletro eletrônicos, móveis, utensílios para casa.

Next Home: Loja de utensílios para casa, cama, mesa e banho. Possui vários itens muito fofos e de bom gosto. Além disso, a Next também é loja de roupa.

John Lewis: Loja de utensílios para casa, cama, mesa e banho, eletro eletrônicos, além de roupas.

John Lewis store in Liverpool

Waitrose: Supermercado que vende muitos itens para casa.

Lakeland: Loja de utensílios de cozinha.

Zara Home: Cama, mesa e banho e alguns itens de decoração para casa.

Marks & Spencer: Supermercado que vende também roupas e itens para casa.

Aluguel de Apartamento

Escutei diversas vezes dos meus amigos e conhecidos “deixa para procurar apartamento quando chegar lá” e achei muito estranho, afinal como procurar um apartamento “na hora”?

Pois é, realmente fiquei impressionada com a rapidez que esse mercado gira aqui em Londres. Então em primeiro lugar veja quais são os bairros que te interessa (localização, proximidade com o metrô ou trem, mercado próximo etc). Depois acho muito importante visitar os bairros para escolher aquele que mais gosta e que cabe no seu bolso – os aluguéis são cobrados por semana geralmente. Tem bairro que um amigo aconselha, mas você não se identifica, por exemplo.

Como já sabíamos a região aproximada que gostaríamos de morar por causa de nossa vida aqui, fomos visitar apenas apartamentos naqueles bairros e na localização que queríamos perto de metrô (Santo Google Maps!). Tem que se levar em consideração também que existem vários tipos de transporte, como ônibus, metrô (são diversas linhas), DLR, overground, trem. Alguns passam com menos frequência que outros, então é bom pesquisar antes se realmente é aquele transporte que você deseja perto de casa.

Aqui em Londres funciona assim, quanto mais próximo do centro o número da zona é menor. Ou seja, zona 1 é central, zona 2 um pouquinho mais afastada e assim por diante. Além disso, as regiões tem seu postcode com letras e números. As letras significam as regiões aqui, por exemplo, SE significa South East.

Mapa Zonas Londres

Procurei apartamento para alugar em alguns sites como: GumtreeRightmovePrimelocationNewplaceChestertonhumbertsFoxtonsVanet, Liferesidential, entre outros. Entrei muitas vezes no Gumtree, peguei os apartamentos que tinha gostado e entrei no site das corretoras para procurar mais. Selecione os apartamentos que têm interesse, ligue, mande email, sinal de fumaça. Lembre-se que os apartamentos em Londres são pequenos e podem ser studio (sem divisórias, como um loft), 1 quarto, 2 ou mais quartos. A maioria que você ligar vai falar que aquele apartamento lindo que você tanto queria não está mais disponível, mas que tem um outro na mesma região. Os apartamentos alugados não têm seus anúncios retirados para que você ligue mesmo. Sendo assim, caso tenha interesse em algum que eles tenham disponível agende uma visita. Importante, não efetue nenhum pagamento para visitar os imóveis!

Como já comentei que é um mercado dinâmico, marcamos as visitas sexta, sábado e segunda e visitamos mais de 13 imóveis com pessoas diferentes. Alguns visitamos com corretores e outros com os próprios donos dos imóveis (landlord). Fiquei inconformada com a arquitetura e aproveitamento ruim dos imóveis daqui. Muito corredor, pouca cozinha. Às vezes pilar e porta no meio da sala. Decoração antiga e carpete no banheiro. E os apartamentos daqui não têm lavanderia! Podem ser alugados com ou sem mobiliários também. Enfim, bom analisar todos os detalhes.

Já na segunda tivemos que fazer uma oferta do apartamento que gostamos para não corrermos o risco de ficarmos sem. Entenderam meu stress? Não dá nem tempo de pensar direito.

Fizemos uma oferta e o dono já tinha recebido outra oferta. Negociamos e fizemos uma proposta mais atrativa e conseguimos fechar o contrato através de uma corretora. O único porém é que todo processo seguinte não é tão rápido quanto o inicial, demorando uma semana e meia para mudarmos. Obs: Se fecharem direto com o landlord é BEM mais fácil e bem menos burocrático.

Funciona assim… algumas corretoras solicitam um depósito para reservar o imóvel e que depois se torna um seguro (2 semanas no meu caso). Além disso, pedem mais semanas para serem acrescidas no seguro (mais 4 semanas no meu caso) que fica num órgão do governo e é devolvido para você no final do contrato – no caso de alugar direto com o landlord geralmente tem 1 mês de depósito para esse seguro também. Caso o imóvel tenha sofrido algum dano, o dono do imóvel pode querer descontar desse seguro. Fora isso ainda tem o fee da agência acrescido de imposto (VAT) quando fechado com a corretora.

Em casos como o meu que ainda não se tem trabalho e por isso não há nada a analisar, é necessário que se apresente um fiador que ganhe um valor x que eles calculam com base no custo do seu aluguel ou realizar pagamento adiantado. O condomínio é de responsabilidade do dono do imóvel. Portanto você tem que considerar pagar: council tax (taxa por região), taxa da TV caso tenha, contas do apartamento (luz, água, gás).

No contrato, preste atenção na cláusula de quebra de contrato. Geralmente em contratos de 12 meses, a partir do 6º mês é possível avisar com antecedência que quer sair do imóvel sem multa.

Depois do contrato assinado é necessário fazer um check de todas as considerações do apartamento para que não te cobrem indevidamente depois. Exemplo, se tiver uma porta quebrada tem que deixar anotado nesse documento para que não achem que você que quebrou. Portanto, teste todos os equipamentos e verifique tudo.

Após toda a burocracia é só se mudar! Dois meses antes do término de seu contrato entrarão em contato com você para saber se você renovará ou se sairá do imóvel. E aí começa tudo de novo…