Hospedagens no Leste Europeu

Como estávamos em 04 pessoas (02 casais) e meus amigos vieram do Brasil para viajarmos e passarmos um tempo juntos, acabei optando por alugar apartamentos em todas as cidades. Assim conseguíamos ficar mais tempo juntos, além de ficarmos mais a vontade num flat “nosso”. Na minha opinião a decisão foi super acertada, pois amei ter ficado mais tempo com eles e tínhamos mais liberdade num apartamento maior, ao invés de ficarmos separados e apenas num quarto apertado de hotel.

Posso dizer que o apartamento de Budapeste foi um dos melhores (se não o melhor) apartamento que já aluguei! Isso porque a Gabriella (dona do apartamento) é uma fofa e me ajudou pacas! Respondeu prontamente todos os meus mil emails com as mais variadas dúvidas, me mandou dicas da cidade, nos recebeu com sua simpatia no primeiro dia, e de além de tudo isso foi conosco até a bilheteria da MAV Elvira comprar os bilhetes de trem (Budapeste – Viena)! Eu recomendo 100% esse apartamento para até 05 ou 06 pessoas.

DSC00565

Aluguei o flat através do famoso Airbnb que adoro! Casa Art Nouveau @ Opera. Está certo que Budapeste está cheio de apartamentos charmosos e reformados para alugar, mas fiquei nesse e recomendo! São 02 quartos, 02 banheiros, cozinha, sala de jantar e sala de estar (com sofá cama). A Gabriella nos deixou uns mimos ainda, a cozinha estava toda equipada e ainda tinha máquina de lavar em um dos banheiros. Ele fica perto de duas estações de metrô (Opera e Bajcsy-Zsilinszky), pertinho da loja de departamento Il Bacio di Stile, possui mercado, restaurantes e bares bem próximos e fica perto de várias atrações turísticas. Porém, como nem tudo são flores, fica no terceiro andar de um prédio antigo sem elevador. Como viajamos de mochila não tivemos problemas.

DSC00564

DSC00560

 

DSC00559 DSC00556

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DSC00550

DSC00545 DSC00542

 

 

 

 

O apartamento de Viena também foi alugado pelo Airbnb. O flat tinha 02 quartos, 01 banheiro, cozinha, sala de jantar junto com a de estar. Quando procurei flats para alugar, optei por esse, pois estava dentro do meu budget e possuía 1.5 banheiro (isso significa 01 banheiro completo e 01 lavabo). Porém, para minha surpresa, quando cheguei lá o chuveiro era separado da privada. Ou seja, eu consideraria 01 banheiro só e não 1.5. Fiquei bem desapontada com isso, pois se eu soubesse que tinha apenas um, teria alugado outro apartamento mais bacana. Além disso, tinham poucos utensílios na cozinha, não havia kettle nem microondas, e eles não deixaram nem um pouco de sabão em pó para lavarmos roupa. Está certo que não é obrigação deles, mas sempre que aluguei apartamentos através do Airbnb, os donos sempre acabam deixando um pouquinho de cada coisa para os hóspedes como uma ajuda ou um mimo.

Mas não posso reclamar muito, pois o apartamento era a poucos metros da estação de metrô Schwedenplatz e muito próximo do centro da cidade, como a Stephen’s Cathedral. A localização era excelente e possuía várias padarias, restaurantes e bares nas proximidades. A mãe do proprietário nos recebeu, foi super simpática e nos deu várias dicas! Outro ponto positivo é que ele nos deixou fazer um late check-out, já que o próximo hóspede chegaria só a noite, então conseguimos sair depois do almoço! Além disso, o apartamento tinha um elevador (bem pequeno, mas tinha). Portanto, quem for com mala de rodinha não vai sofrer com as escadas.

DSC01324

DSC01325

DSC01323 DSC01317

 

 

 

 

 

 

 

 

DSC01320

DSC01312 DSC01314

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O último apartamento alugado que foi em Praga foi o único alugado através do Booking.com, pois não achei nenhum bom custo x benefício no Airbnb, infelizmente. Confesso que estava um pouco apreensiva com esse flat do Royal Route Mansions, pois alguns reviews não eram tão bons – reclamavam por causa do barulho, já que fica bem no centro. Mas me surpreendi muito, pois o apartamento era excelente! 02 quartos, 02 banheiros, sala ampla, sala de jantar e cozinha. E no final dei graças a Deus que aluguei dessa empresa (é uma empresa que aluga vários apartamentos na cidade), pois nosso trem atrasou demais e chegamos de madrugada na cidade. Porém, eles possuem recepção 24 horas!!! Portanto, não tivemos nenhum problema em nossa chegada. Ligamos quando estávamos chegando e uma pessoa da recepção (super simpático e com um inglês impecável – era filho de inglês!) nos recebeu e fizemos o pagamento lá mesmo no apartamento.

A localização também era excelente, com restaurante, bares e supermercado próximos, além de ser colado nas principais atrações da cidade e 05 minutos da estação de metrô Staromêstská. No check-out deixamos nossas mochilas na recepção deles que fica na rua ao lado. Dica… vi nos reviews algumas pessoas reclamando do barulho, pois tem bares bem próximos. Então alugamos o apartamento no quarto andar (último andar) que é super espaçoso e silencioso. Os únicos “probleminhas” são: 1) fica no quarto andar e não tem elevador, 2) como fica no último andar, dependendo do cômodo, você escutará barulhos de pombos – isso é ruim para pessoas, que como eu, tem pânico de pombos, mas fiquei no quarto perto da sala que não tinha quase barulho. Achei realmente esse flat um ótimo custo x benefício. E eles deixaram alguns mimos também no apartamento.

DSC02448 DSC02446

DSC02444 DSC02438

 

 

 

DSC02440

DSC02443 DSC02439

Anúncios

Uma resposta em “Hospedagens no Leste Europeu

  1. Pingback: Dia 1 – Budapeste | Passaporte para o Mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s