Dia 3 – Split e Hvar

No terceiro dia saímos bem cedo do albergue, pois a partir das 08h começariam a cobrar o estacionamento. Como teríamos que ir de qualquer jeito para lá para pagar e colocar o ticket no carro, decidimos já ir embora da cidade mesmo. Para nossa surpresa, na porta do nosso quarto tinham dois saquinhos com café da manhã para levarmos durante a viagem 🙂

Demoramos cerca de 2h de Zadar para Split. Passamos por um pedágio no caminho que custou 41 kunas e devolvemos o carro no aeroporto de Split (alugamos em Zagreb). Seguimos as placas de “Rent a Car” no estacionamento de lá e paramos nas vagas da Avis/Budget (há plaquinhas sinalizando as vagas de cada empresa). Estacionamos e levamos a chave do carro até o balcão deles dentro do aeroporto. O funcionário deles verificou o carro e fomos embora.

Logo na saída do aeroporto, a direita, você encontrará um guichê de shuttle bus – Direct Bus Line. Pegamos esse ônibus que nos levou direto ao centro de Split e custou 30 kunas/pessoa.

DSC_(1590)

Chegando em Split tivemos umas 3h para andar pelo centro até pegarmos o ferry que saía às 14h para Hvar. Compramos os bilhetes antecipados pelo site Jadrolinija. Foi super fácil: só colocar o lugar de partida, destino e data que já aparecerão todos os horários que eles possuem. Alguns demoram um pouco mais de tempo e levam carros também. O que pegamos demorou 1h para chegar a Hvar. Após a compra você recebe por email sua confirmação que você deverá imprimir. Porém, chegando à cidade não esqueça de passar antes num guichê da Jadrolinija para pegar seu bilhete. O email é apenas uma confirmação, não é válido para embarcar.

DSC_(2543)

 

Como o shuttle bus do aeroporto nos deixou na rodoviária, aproveitamos para já comprar as nossas passagens para Dubrovnik (saindo de Split) – veja nosso roteiro pela Croácia. Eu já havia consultado os horários de todos os ônibus nesse site aqui, então foi muito fácil, pois cheguei à bilheteria e já pedi o horário que eu queria. A passagem de ida para Dubrovnik custou 115 kunas por pessoa.

Saindo da rodoviária há vários lugares para deixar a mala, como se fossem guarda volumes de eventos, onde você simplesmente deixa sua bagagem com o funcionário e ganha um papelzinho com sua referência na hora de pegar a mala. Porém, achamos um locker dentro da estação de trem que fica a poucos metros de distância da rodoviária, então preferimos deixar lá por ser mais seguro e o preço era praticamente o mesmo. Pagamos 15 kunas pelo dia.

DSC_(1595)

Split é a segunda maior cidade da Croácia e é famosa pelo Diocletian’s Palace, um dos patrimônios mundiais da Unesco e um dos mais impressionantes monumentos romanos. Além disso, ela é famosa por suas ruas cheias de restaurantes e bares. Como tínhamos pouco tempo, fomos ao centro da cidade e percorremos as ruas dentro das muralhas da old town.

DSC_(2535)

DSC_(2546)

DSC_(2511) DSC_(2536)

 

 

 

 

DSC_(2540)

DSC_(1688) DSC_(2526)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DSC_(1645) DSC_(1640)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DSC_(1638)

DSC_(1620) DSC_(1626)

 

 

 

 

DSC_(1622)

DSC_(2504)

No meio do caminho achei uma loja de doce que fiquei encantada. Até achei um doce que parecia brigadeiro, mas não era 😦

DSC_(2530) DSC_(2527)

Passamos em frente da Cathedral of St Domnius, Diocletian’s Palace, Gallery of Fine Arts, Temple of Jupiter, Museus e pelos famosos portões das muralhas.

DSC_(1650)

DSC_(1652)

DSC_(1655)

DSC_(1658)

DSC_(1673)

DSC_(1678)

 

 

 

 

DSC_(1670)

Ainda passamos pela estátua de Gregorius of Nin e esfregamos o seu dedão do pé para dar sorte 🙂

DSC_(2516)

DSC_(2520)

DSC_(2519)

Também andamos por uma feirinha de roupas, souvenirs e comida por ali.

DSC_(2554)

Paramos para um lanche rápido em um dos vários cafés localizados na Riva antes de pegarmos o ferry.

DSC_(1605)DSC_(1606)

DSC_(1616)

DSC_(1697)

Ao chegarmos ao porto de Hvar uma pessoa do apartamento que tínhamos alugado pelo Airbnb estava nos esperando. Ele nos levou até o apartamento e nos mostrou alguns restaurantes interessantes, supermercado, feira, etc. Deixamos a mala e fomos andar pela cidade.

DSC_(1731)

Andamos uma boa parte do centro e subimos no Forte de Hvar, onde se tem uma vista belíssima da cidade. Pagamos 25 kunas por pessoa.

Tem um restaurante no local que você parar para comer e beber algo e ainda ficar admirando a vista maravilhosa lá de cima.

DSC_(1823) DSC_(1819)

 

 

 

 

 

 

 

 

DSC_(1829) DSC_(1914)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DSC_(1837)

DSC_(1834)

 

DSC_(1891) DSC_(1869)

Você consegue avistar Pakleni Islands lá de cima do Forte – praias que fomos no dia seguinte e que contarei no próximo post.

DSC_(1867)

DSC_(1894) DSC_(1897)

Achei maravilhoso passar horas andando e se perdendo pelas ruazinhas super charmosas de Hvar. Fiquei encantada com o lugar!!!

DSC_(1821)

DSC_(1802)

DSC_(1798)

DSC_(1739) DSC_(1765)

DSC_(1782)

DSC_(1771) DSC_(1775)

DSC_(1779)

Jantamos num restaurante próximo a St Stephen’s Square, que foi um ótimo custo x benefício na minha opinião (já que os restaurantes não são muito baratos na cidade). Não me lembro o nome, mas é esse primeiro restaurante a direita olhando nessa foto aqui embaixo. O valor saiu 215 kunas para duas pessoas sem sobremesa.

DSC_(1736)

Há diversos restaurantes na cidade toda, e alguns bem famosos, principalmente na Riva, em frente ao porto.DSC_(1766)

DSC_(1768)

 

Anúncios

2 respostas em “Dia 3 – Split e Hvar

  1. Oi adorei seu post!!! Estou indo para Croácia em junho, vou alugar um carro em Zagreb e vou entregar em split, depois pegar um ferry para hvar!!! Vc recomenda deixar as malas em um locker ,onde vc deixou? Para depois busca las e depois pegar o ferry? Estou com um bebê de 1 ano!!! O ferry sai aproximadamente 14 HS e chego para entregar o carro por volta das 9 HS… Obrigado

    • Oi Wilson,
      Para voce nao ficar andando com as malas mais seu bebe, acho que seria melhor ficar “com as maos livres” e deixar no locker sim. A unica coisa eh que o locker fica perto do onibus e nao perto do ferry. Eh so uma caminhada de alguns metros, mas programe-se para buscar a mala um pouquinho antes.
      Agora, se voce ficar em um cafe apenas esperando o embarque no ferry, ai nao tem necessidade de guardar as malas… guardar as malas so em caso de voce querer andar pela cidade.
      Bjos e boa viagem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s