Salzburg

No final do ano (Dez/2013) fizemos uma viagem de 09 dias (08 noites) para conhecer algumas cidades e visitar os tão famosos Mercados de Natal. Decidimos ficar 02 noites em Salzburg, 02 noites em Innsbruck e 04 noites em Munique. Como escolhemos cidades próximas umas das outras, não gastamos muito tempo com as locomoções.

Nosso plano era aproveitar 01 dia e meio em Salzburg, mas isso não ocorreu por causa de um problema no sistema aéreo de Londres. Nosso vôo atrasou e perdemos praticamente o dia todinho, chegando apenas a noite ao nosso hostel Yoho que comentei no post anterior.

DSC_0076

Quando chegamos, só deu tempo de andarmos em ruas próximas ao hostel, conhecermos uma mini feirinha de Natal nas redondezas, chegarmos até próximo ao rio e voltarmos para jantar (custo € 17,50/casal com pratos principais e bebida), pois o restaurante do hostel fechava às 20h30 e as lojas do centro também fechavam cedo.

No dia seguinte acordamos cedinho e lá fomos nós conhecer a cidade que é famosa por causa do Mozart e da Noviça Rebelde. Achei a cidade um charme e as pessoas super simpáticas, sempre tentando nos ajudar. Saímos do hostel e fomos para Mirabellplatz que fica próximo ao hostel na parte da cidade nova. O Príncipe-arcebispo Wolf Dietrich von Raitenau teve o Palácio Altenau construído em 1606 como um símbolo de seu amor por Salomé Alt. Quinze filhos nasceram da sua união, sendo que dez sobreviveram. Após a morte de Wolf Dietrich, o palácio foi renomeado “Mirabell” pelo seu sucessor, Markus von Sitticus Hohenems.

DSC_0043 DSC_0016

DSC_0048

Ali próximo passamos em frente a Residência de Mozart, o Teatro Marionette, o Teatro Salzburg e a igreja Holy Trinity. Após isso, atravessamos o rio Salzach e fomos para a charmosa e tão conhecida Getreidegasse. Lá é a mais famosa rua comercial da cidade com suas lojas estreitas e com placas de ferro como antigamente. Lá você também encontrará o local de nascimento de Mozart.

DSC_0117

No final da rua entramos na Hofstallgasse onde tem a igreja Collegiate e o Universitats-platz. Do outro lado você avista o Festival Hall que foi construído numa rocha cortada. É possível ver a rocha atrás do local. E é lá mesmo onde subimos uma escadaria rumo ao Forte Hohensalzburg. O ingresso custou € 7,80/pessoa e além de conhecermos seu interior, foi possível ter uma vista incrível da cidade por se localizar no alto de uma colina, já que foi construída para ter uma visão favorável da cidade por conta dos ataques. Também tinha um pequeno Mercado de Natal lá dentro.

DSC_0062

DSC_0191 DSC_0163

DSC_0226

DSC_0203

Pegamos o funicular para descer, o que custou € 2,50/pessoa (mas é possível comprar o ticket combinado da entrada + funicular para subir e descer para sair um pouco mais em conta).

Após o Forte fomos em direção a Kapitel-platz, Dom-Platz e Salzburg Dome, Catedral linda localizada no centro antigo da cidade. Lá acontecia o Salburger Christkindl-Markt, o principal Mercado de Natal, cheio de barraquinhas de comidas e bebidas típicas, decorações natalinas, acessórios de inverno, entre outras várias coisas.

DSC_0509

DSC_0330

DSC_0314

Passamos por Residenz, Mozart-platz, Igreja Franciscan e igreja e cemitério St Peter. Ali ao lado também tinha uma ruazinha com um pequeno, mas muito charmoso, mercadinho de Natal com algumas barraquinhas.

DSC_0360

DSC_0398 DSC_0408

Fomos almoçar com a família do meu marido num restaurante ali no centro antigo mesmo. Depois eles nos levaram de carro para o lago Leopoldskroner onde pudemos ter uma vista belíssima do Schloss Leopoldskron, que ganhou fama como residência da família Trapp, do filme “A Noviça Rebelde”.

DSC_0468

Após isso, eles nos levaram para outro Mercado de Natal no Hellbrunn Palace. O interessante desses mercados é que todo mundo toma as bebidas quentes típicas dessa época, como Glühwein e o Mulled Wine, em canecas decoradas que você fica usando a noite toda. Você deixa um depósito, a bebida é servida nessa caneca e depois você tem a opção de ficar com a caneca ou devolvê-la e pegar seu depósito de volta.

DSC_0490

No final do dia eles nos deixaram na Linzer Gasse que fica na cidade nova (perto do hostel), calçadão que tem muitas lojas e restaurantes. Atravessamos depois o rio novamente e fomos ao Mercado de Natal perto do Salzburg Dome, na Dom-platz e Residenz-platz.

DSC_0500

O que me chamou bastante atenção na cidade foi a quantidade de pessoas pedindo dinheiro na rua. Isso é por causa da época do ano onde a cidade fica cheia de turistas e essas pessoas viajam, atravessam a fronteira para pedir dinheiro nas ruas de Salzburg.

Estava bem frio, mas estava um tempo bom. Pena que não tivemos mais tempo de ficar na cidade, pois ela é encantadora!

No dia seguinte de manhãzinha pegamos o trem para Innsbruck (aproximadamente 2h). As passagens dessa viagem (Salzburg -> Innsbruck e Innsbruck -> Munique) comprei pelo próprio site da OBB. É muito fácil e não tem erro. Só colocar a cidade de partida e chegada, dia e horário que você deseja viajar e ticar se quer apenas trens diretos. Feito isso o site te mostra as opções com horários, você clica e compra. No meu caso, como não sabia se os trens estariam cheios, decidi pagar um pouquinho a mais e reservar os assentos. Assim nã precisei ficar procurando dois lugares juntos no vagão. O trem de Salzburg para Innsbruck custou £ 25/casal (coloquei em libras, pois comprei de Londres e foi quanto foi debitado do meu cartão).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s