EEA Family Permits

Depois de muitas consultas e pesquisas decidi aplicar para o EEA Family Permits, uma permissão de acompanhante de cidadão da União Europeia válido por 6 meses e que dá os mesmos direitos que o europeu, ou seja, é possível trabalhar. Possui aplicação gratuita, porém decidi contratar uma agência para ajudar com todo o processo e posso dizer que foi a melhor coisa que fiz.

Mas por que eu escolhi o EEA Family Permits sendo que no outro post eu citei mais algumas opções viáveis e dentro da lei? Realmente todas aquelas opções são legais, porém eu optei por esse visto por alguns motivos: 1) mudar de país já é uma decisão difícil e o que menos queria nessa época era insegurança na hora de passar pela imigração. Era meu direito como esposa de cidadão da União Europeia entrar no país, mas eles fariam diversas perguntas, etc… e não queria o stress; 2) não queria entrar como estudante, pois se podia ter os direitos de uma cidadã europeia, por que não teria? Nunca sabemos o dia de amanhã e as oportunidades. E se eu arranjasse um emprego? E se precisasse me consultar ou fazer tratamento no hospital? E mais mil e uma questões que não queria lidar com a “sorte”; 3) queria viajar no mesmo dia que meu marido, então não queria que ele viesse “na frente” para conseguir um emprego antes e só depois aplicar o visto pra mim; 4) aqui é muito barato viajar, então e se rolasse alguma viagem para outro país (como realmente aconteceu) e eu não tivesse esse visto? Poderia sim viajar dentro dos 6 meses como estudante ou turista, porém conheço gente que teve problemas na imigração na volta para Londres. Por que? Porque o oficial implicou e achou que a pessoa só viajou para conseguir um carimbo e um visto por mais 6 meses e isso deu a maior dor de cabeça para a pessoa (perdeu o trem, ficou horas sentada se explicando, etc).

Por isso, meu pensamento foi… se eu posso não ter nenhuma dor de cabeça e me sentir segura quanto ao processo, por que eu vou querer fazer diferente? Mas essa foi a minha opção, pois não gosto de lidar com a “sorte” e sim fazer as coisas de maneira mais racional e certeira possível. Mas afirmo novamente que todas as opções do outro post são legais.

Essa aplicação pode ser realizada apenas 3 meses antes da viagem. É necessário juntar diversos documentos para levar em um dia agendado no consulado britânico, como certidão de casamento, fotos do casal (desde o início do namoro, com amigos, familiares, etc), declaração de terceiros sobre a união do casal (algumas pessoas fazem uma declaraçao e assinam afirmando que o casal não está junto por interesse…), extratos bancários, comprovantes de bens, comprovantes de graduação, comprovante de acomodação no Reino Unido, passaporte, entre outros. Alguns documentos necessitam do original + tradução juramentada.

A agência contratada foi quem organizou todos os documentos, preencheu o formulário e agendou uma data para entrega da documentação. Foi perfeito! Cheguei ao consulado (em SP, perto da Paulista) no horário marcado com todos os documentos separados, tiraram fotos e coletaram as digitais, efetuei o pagamento e deixei os documentos e passaporte. Todo processo não levou mais de 20 minutos desde minha chegada ao prédio. Depois de 3 semanas recebi em minha residência o passaporte com a permissão + meus documentos originais.

Obs: Eles podem querer ficar com cópias de documentos, por isso é importante levar os originais + cópias de TUDO. É possível tirar cópia no consulado também, porém é mais caro e você demorará mais tempo. Leve tudo organizado, separado em clips, etc… eles não gostam quando as pessoas levam documentos bagunçados, pois eles têm que checar tudo e fazer vários procedimentos. Uma pessoa estava bem enrolada quando fui e gerou uma discussão no consulado, pois o processo estava uma bagunça.

EEA Family Permit V02 Baixa

Como a validade é de 6 meses, dentro desse prazo (e já na terra da rainha) é necessário aplicar para outro visto em Londres que comentarei em breve em outro post, justificando que o europeu possui um emprego OU que ele estuda no país e é auto-suficiente, ou seja, que consegue pagar todas as despesas dele e da acompanhante durante o período de estudo.

Utilizei os sites www.visainfoservices.com e www.ukba.homeoffice.gov.uk para obter mais informações do processo.

No meu caso, quando cheguei na imigração foram direto no meu visto, pediram minhas digitais e nos liberaram. Rápido e fácil. Durou menos de 30 minutos o percurso desde o avião até o táxi que nos aguardava.

Obs: A agência que contratei foi a Oi Londres e quem me atendeu foi a Karina. Gostei também pela facilidade de atendimento aos sábados e conversas pelo Skype =)

Apenas complementando algumas informações que me perguntaram:

– Quando você aplica para esse visto é necessário que diga a data exata do seu vôo. Só a partir dessa data indicada por você que os 06 meses passam a contar.

– Fui com a passagem de volta também (já que meu visto era válido por 6 meses apenas). Não me pediram na imigração, mas levei e chegando em Londres cancelei a passagem. Se fizer o mesmo, consulte os termos de cancelamento da passagem. Meu marido foi apenas com a de ida.

– Ficamos 02 semanas na casa de um amigo até conseguirmos alugar um apartamento. Nesse caso, levei um carta escrita pelo meu amigo, citando que ficaríamos hospedados lá.

– Não tínhamos vínculos com a Inglaterra. Viemos para uma experiência internacional sem emprego, sem moradia, sem estudos (tirando o meu de inglês), porém não é fácil como vejo muita gente falando na internet (bom… pelo menos para mim não foi e não está sendo). Fizemos um planejamento de mais de um ano para termos certeza que teríamos condições de nos manter, para saber e estudar como era a vida em Londres, para planejarmos planos A B C D….Z para que tudo desse certo e fosse de feito de maneira consciente e dentro da lei.

– Depois disso você ainda tem que lidar (até um ano fora do país) com declaração de residente fora do país, etc… mas aí é um outro assunto mais complicado que falo em outro post.

Obs: As regras para aplicação de visto mudam constantemente. Portanto, aconselho que confirmem as informações junto ao consulado britânico antes de viajarem.
Meu visto foi solicitado no início de 2013.

Anúncios

66 respostas em “EEA Family Permits

  1. Querida me tira uma duvida…
    Estava lendo no site gov.uk que o family permit soh pode ser usado uma unica vez e que cada vez que vc sair do pais (UK) vc teria que aplicar para o visto novamente…
    Isso procede???

    Pois estou indo em Abril para Londres e tenho viagens marcadas para junho e agosto, entao soh aplicaria para o residence card na volta, faltando 2 meses para o FP expirar…
    Voce sabe me dizer isso???

    Grata
    Vivi

    • Oi Vivi!
      Eu apliquei para o EEA family permit com duração de 6 meses, que é o inicial e pude viajar sim. Não vi essa parte no site, mas talvez eles estejam se referindo se você voltar para o Brasil e depois vier novamente para Londres depois de 6 meses. Aí teria que aplicar de novo. Veja se é isso mesmo.
      Eu mesma viajei na Europa durante esse período, porém por poucos dias. Mas se atente que terá que aplicar para o outro visto antes de expirar esse e ficará uns meses sem o passaporte.
      Qualquer coisa, mande um email para eles 🙂
      Bjos

  2. Caro, tudo bem? Muito legal o seu ‘post’. Principalmente o roteiro que você seguiu, os documentos que você produziu, enfim, um verdadeiro passo-a-passo para quem quer tirar esse tipo de visto (EEA Family Permit). Na sua opinião, o quão importante foi a participação da Agência? Você acha tranquilo tentar fazer esse ‘application’ sozinho? Qualquer dica é bem vinda.

    • Oi Ggodoy,
      Que bom que está te ajudando! Fico feliz em saber =)
      Olha, depende do tempo que você tem para se dedicar a isso. Eu não tinha tempo, pois estava na loucura do trabalho, mudança, viagens, etc. Eu só tive que juntar os documentos e ir no dia agendado por eles. Eu não faria de outra forma, pois não tive dúvidas no preenchimento (eles preencheram tudo) e fiquei super segura de tudo que estava entregando (eles também fizeram as cartas e só tive que assinar). A Karina me entregou tudo mastigado, até na ordem que eu tinha que levar os documentos para eles, tudo separadinho.
      Dá para fazer sozinho sim, pois muita gente faz. Mas você certamente gastará mais tempo para preencher, ler, ver se está tudo certo, agendar, procurar como faz as cartas, ter certeza dos documentos, etc. Então depende mesmo do que você está disposto e pode se dedicar a isso.
      Bjos

  3. Carol, obrigado pela rápida resposta. Estou quase convencido (sua culpa) de que contratarei a agência para o meu processo. Como você bem destacou no post, esse Visto é a melhor alternativa para não ter dor de cabeça no Reino Unido. Algumas dúvidas práticas: (1) Por acaso você teria os modelos de cartas que eles montaram no processo? Consegue compartilhar? Queria dar uma olhada para ver qual o ‘approach’ que eles deram. (2) Você indicou alguma pessoa que receberia vocês no Reino Unido? Alguém que te acolheria na sua chegada enquanto não encontrasse um lugar para morar. (3) Sei que a questão financeira preocupa as autoridades britânicas. Em média quanto eu preciso ter na minha conta corrente para eles não criarem caso?
    Lamento a quantidade de dúvidas. E mais uma vez obrigado.
    Abs.,

    • Oi Ggodoy,
      Mas se você tiver tempo para pesquisar na internet e ir atrás das informações, consegue fazer sozinho.
      Respondendo suas perguntas:
      1) Não possuo as cópias das cartas infelizmente.
      2) Eu fiquei na casa do meu amigo sim por 2.5 semanas, porém para aplicação de visto não coloquei isso não. Enviamos uma reserva de um local em Londres.
      3) Não lembro ao certo, mas não era nada muito gritante (se bem que tem que converter). Mas pelo que lembre era dinheiro para se manter durante alguns meses. Se você tiver uns £1.500/mês e provar que tem pra se manter por alguns meses é suficiente.
      Aconselho você a procurar uma agência (ou a Karina se preferir) e agendar uma reunião. Lá você pode esclarecer dúvidas e ver se sente mais seguro contratando o serviço ou se é algo que acha tranquilo e consegue fazer sozinho.
      Caso tenha dúvidas mais específicas, aconselho também a mandar email gratuito (pode ser em português quando muda a página para português) no site do visainfoservice. Eles respondem e é super confiável. Porém, mande apenas uma pergunta por vez… não mais que isso.
      Qualquer coisa volte a me escrever.
      Bjos

  4. Olá, gostaria q vc me esclarecesse uma duvida, meu namorado é europeu e reside na Inglaterra, gostaria de saber q se a gente se casar por procuração aqui no Brasil eu tenho direito a pedir essa visto (EEA Family Permit)? Obs. não nos conhecemos pessoalmente, mas o casamento não é apenas por interesse de conseguir o visto.

    • Oi Ana,
      Nesse caso aconselho que entre em contato com o consulado ou com o visa info service que coloquei no post, pois não tenho certeza se é possível conseguir o visto.
      Digo isso, pois quando fiz a aplicação enviei junto cartas de amigos comprovando o relacionamento e principalmente fotos juntos de diversas e diferentes épocas da nossa união e nesse caso você não teria essas fotos.
      Para não ter erro, o melhor seria mandar um email ou ligar para esclarecer isso.
      Bjos

  5. Olá Carol, tudo bem?
    Poderia me esclarecer uma dúvida? Meu marido é Italiano e está pretendendo migrar para Londres dentro de 1 ano. Sou brasileira e terei de fazer o procedimento de “Family permit”. Se eu apresentar um saldo bancário de umas 9 mil libras (6 meses), bem como toda a documentação comprobatória de casamento, terei a chance de migrar junto com ele?

    Obrigada.

    • Oi Roberta, provavelmente já que vocês são casados. Só tem que comprovar tudo certinhi, com todos os documentos.
      Quanto ao valor, acredito que seja suficiente, mas aconselho consultar uma agência especializada para ter mais certeza e não esquecer de nenhum documento.
      No meu caso, eu fiz com a Karina da OiLondres, ela faz consultas por skype o que me ajudou muito.
      Dá uma perguntada para ela 🙂
      Bjos

  6. Bom dia Carol tudo bem?
    Pelo que vi você pediu o visto e foi junto com seu marido do Brasil certo?
    Pois quero fazer isso ano que vem, pois minha esposa é cidadã italiana e a ideia é irmos juntos para Londres, já havia morado lá 3 anos com ela, mas voltei faz 5 anos e havia aplicado pelo spouse visa lá só que agora eu vi que é melhor fazer que nem você fez e sair daqui com tudo certinho.
    Eu havia lido algo que o cidadão europeu já deveria estar lá, mas vi que não foi isso que vocês fizeram, acredito que dá pra nós sairmos juntos daqui também certo?
    Valeu por tirar essa dúvida pois eu tava com receio, pois não tinha visto ninguém falar que tinha ido junto com o cônjuge daqui do Brasil com o family permit.
    Meu passaporte italiano só vai estar pronto no meio de 2016, não quero esperar tanto tempo hehehe pra ir, obrigado e grande abraço.

    • Carol, outra coisa que esqueci de perguntar, você disse que quando fez a entrevista pagou uma taxa, family permit não é free? qual o valor da taxa?
      Como sou de Porto alegre tenho que ir na embaixada de São Paulo também ou tem outra mais próximo de porto alegre? obrigado.

      • Oi Marcos,
        Nao sei agora, mas na época tive que pagar uma taxa de aprox R$ 115, porque eles tiram fotos no consulado e anexam ao processo. Até confirmei nas minhas coisas e realmente paguei essa taxa lá, porém nao lembro exatamente ao que se referia, mas faz tempo entao as leis podem ter mudado.
        Quanto ao consulado nao sei te informar, mas sugiro que mande um email ou agende uma reuniao por Skype com a Karina da OiLondres: karina@oilondres.com.br e Skype oilondres.com.br. Ela vai saber te orientar melhor.
        Se precisar de ajuda me escreva.
        Obs: Desculpe a falta de acentos, mas nao tenho no meu computador do trabalho.
        Bjos

    • Oi Marcos,
      Eu pesquisei MUITO antes de fechar com a OiLondres e várias agencias me falaram que era necessário meu marido viajar primeiro. Isso nao é verdade.
      Voces podem ir juntos sim, mesmo sem terem trabalho, pois seu conjuge terá 6 meses para arrumar algum emprego e aí voce aplica para o visto de 5 anos.
      Nao necessariamente ela precisa estar empregada, mas seria melhor que estivesse, pois voce ganha todos os direitos de europeu, já que recolherao taxas por causa do salário recebido.
      Bjos

      • Muito obrigado Carol, com certeza me ajudou muito saber que você fez algo que estou querendo fazer e ocorreu tudo certo, sobre o OiLondres é muito caro fazer com eles ou posso fazer tudo eu mesmo? abraço.

      • Oi Marcos,
        Eu paguei na época, pois estava com receio de fazer errado e nao tinha tempo para ficar pesquisando, mais do que eu já havia pesquisado.
        Portanto, se voce tiver tempo, pode fazer sozinho sim.
        No meu caso eu já fechei curso de ingles, visto etc… tudo com eles.
        Bjos

  7. Oi Carol. Graças a Deus encontrei seu blog nas pesquisas do google.
    Meu caso é muito parecido com o seu. Tenho dupla cidadania e meu marido não.
    Queremos nos mudar para Londres esse ano e estamos indo sem nada garantido. Sem emprego certo, sem moradia certa, apenas levando um dinheiro para nos manter por uns 4 meses.
    Estou tentando preencher o formulário EEA para meu marido mas estou em pânico com tantas perguntas que nem mesmo sei como responder! Também achei que para conseguir o visto para ele, eu teria que ter um emprego certo me esperando lá para conseguir nos manter. mas vi em uma de suas respostas acima que isso não é necessário…
    Tirei muitas dúvidas com suas informações aqui no blog. Vou voltar ao formulário e tentar completá-lo. Qualquer coisa volto a te questionar ok.
    Também vou tentar falar com a Karine que vc indicou.
    Muito obrigada por compartilhar sua experiência.
    Bjus

    • Oi Priscila,
      Voce pode sim vir sem nenhum emprego, que foi exatamente o nosso caso. Inclusive voce pode solicitar o visto de acompanhante na imigracao apenas e nao aplicar o EEA FP. Porem, como eu fiquei morrendo de medo de dar alguma coisa errada, preferi pagar para ir com tudo certo e ja chegar tranquila quanto a isso.
      A moradia voce precisara informar na imigracao e na aplicacao do visto. Pode ser por pouco tempo (tipo um mes ou menos), mas voce tem que apresentar algum lugar.
      Tambem senti dificuldade e no meu caso tambem nao tinha tempo de ficar preenchendo e pesquisando. Por isso preferi contratar a Karina (e contratei atraves dela o curso de ingles tb) para ir com tudo certinho.
      Se voce aplicar para o EEA FP, voce tera 6 meses (aconselhavel um pouco menos) para conseguir um emprego com contrato. Ai voce ja aplica para o visto de 5 anos dele (o proximo EEA FP). Na realidade voce nao precisa estar trabalhando para aplicar esse visto, porem aconselho aplicar e enviar seu contrato de trabalho, pois alem de mais garantido, ele tera os mesmos beneficios de europeu, pois com voce empregada voces estarao contribuindo com impostos.
      Manda um email pra ela karina@oilondres.com.br. Ela faz reunioes por skype tb (o meu segundo visto tambem fiz com ela).
      Se precisar de alguma coisa me mande email carol.afk@gmail.com.
      Bjos

      • Oi Carol. Obrigada por responder tão rápido.
        Você disse que eu poderia pedir o visto de acompanhante para meu marido diretamente na imigração!! Poderia me explicar melhor o que quis dizer, como funciona…
        Também vou tentar contato com a Karina.
        Qualquer coisa entro em contato com vc por email.
        Obrigada novamente.
        Que Deus te abençoe por toda a ajuda que está nos dando.
        O mundo precisa de mais pessoas bondosas assim.
        Bjm

      • Oi Priscila,
        Quando vc passa na imigracao eles podem te dar visto de turista, estudante ou de acompanhante de europeu. Ja li uns relatos de gente que foi assim. Porem, a imigracao nao gosta muito e pode te dar um cha de cadeira dependendo da pessoa que voce pegar la.
        Para nao passar o stress, preferi fazer mesmo atraves do EEA FP, porque ai nao tem espera, nao tem erro…. em 30 minutos depois do pouso eu já estava pegando transfer para ir para casa do meu amigo onde fiquei. Rapido e facil.
        Qualquer coisa me escreva.
        Bjos

  8. Fui digitalizar minha certidão de casamento para traduzir e percebi que lá diz que minha nacionalidade é BRASILEIRA. Meu marido estava preenchendo o formulário EEA e colocando que minha nacionalidade é ITALIANA, com os dados do meu passaporte europeu, pois tenho dupla cidadania….e agora?!! Alguém sabe me dizer se pode dar algum problema?…

  9. Olá Carol! Tudo bem? por gentileza me tire uma dúvida se possível com relação a renda para apresentar ao consulado para solicitação do (EEA FP)… então, Atualmente sou funcionaria publica do estado de São Paulo, meu marido está em Londres a alguns meses ele é Europeu(dupla Nacionalidade), morou por 10 anos na Inglaterra até 2010 e retornou para o brasil nós nos conhecemos nessa época e tivemos um relacionamento onde hoje estamos casados a pouco tempo…casei esse ano ai ele veio rápido só para o casamento e voltou para Londres, lá ele trabalha como autônomo e mora em uma apartamento compartilhado ele tem uma renda boa semanal…eu tenho uma renda relativa, mais não tenho dinheiro guardado em conta tipo poupança, só aplicado em bens será que a renda do meu marido mais a minha servirá para atingir o minimo que o consulado solicita? Obrigado pela atenção e eu já estou fazendo contato com a Karina para ajuda no processo desse visto. Bjs

    • Oi Dri,
      Desculpe, estava viajando e esqueci de te responder.
      Como ele trabalha não terá problema, pois vocês terão renda para sustentar os dois. Porém, acredito que seja melhor conversar com a Karina da OiLondres que é especializada nisso para te orientar melhor.
      Obrigada
      Bjos

  10. Olá Carol, td bem?
    Estou indo para Londres em março de 2015, meu marido vai aplicar o family permit, mas não irei contratar assesoria para tirar o visto. Não temos casa ainda, mais estamos pesquisando. Estou com dúvidas em qual mês devemos aplicar o visto, preciso ter moradia já certa, e as passagens compradas, e aquela questão que tenho que der uma quantidade de dinheiro na conta? Obrigada!!! estou mega confusa =)

    • Oi Marcella,
      Eles irão te perguntar um endereço no Reino Unido quando você aplicar para o visto. Além disso, você indicará a data da sua ida exata para o país, já que o visto valerá por 6 meses a partir dessa data que você indicar.
      Sobre o dinheiro, eles pedem um mínimo para você sobreviver… não me lembro ao certo o valor, mas precisa ter um valor mínimo que dê para vocês se manterem por alguns poucos meses…
      Você deve aplicar o visto a partir de 3 meses da sua viagem. Ou seja, se você viajar em 01/03/15, você poderá aplicar para ele lá pelo dia 01/12/14. Porém, ele só começará a “valer” a partir de 01/03/15… data que você informar que será sua viagem.
      Eles nao te pedirão a passagem aérea no momento da aplicação, mas te questionarão o dia de viagem.
      Bjos

    • Olá pessoal!!

      Estou passando para contar a minha experiência. A algum tempo venho reunindo informações (com muita dificuldade) para obter o visto EEA family permit para meu marido, pois tenho dupla cidadania e pretendemos ir morar em Londres por algum tempo.
      Analisei vários blogs, sites, vídeos…..para conseguir o máximo de informação possível e poder preencher o formulário de visto o mais corretamente possível.
      Cogitei a possibilidade de contratar uma agência para realizar o processo para mim porém a situação financeira esse ano está bem apertada, então decidimos tentar sozinhos. Preenchemos o formulários, reunimos todos os documentos e provas de nossa união e agendamos a entrevista em Brasilia. O agendamento foi feito com 2 dias de antecedência então viajamos para Brasilia no dia seguinte ao agendamento feito pelo site. Meu marido entrou na sala sozinho para a entrevista que NÃO é bem uma entrevista, o rapaz apenas entrega um envelope e uma ficha para meu marido marcar quais os documentos que ele quer receber de volta então coloca tudo no envelope e pronto, tá feito a entrevista. Daí esses documentos são enviados para a embaixada britânica no Rio de janeiro onde são analisados….há levamos um susto pois tivemos que pagar uma taxa de R$ 236,00, segundo eles referente a ajuda de custos com correio e aluguel da sala comercial em Brasilia…se o processo fosse no Rio de Janeiro não teria essa taxa.
      Bem, ontem quase 3 semanas depois, nossos documentos chegaram, e para nossa alegria o visto do meu amado foi liberado.
      Obrigado a todos que forneceram informações úteis para que eu pudesse montar meu processo “sozinha”. Obrigada Carol pelo help!
      Boa sorte a todos os que estão tentando ou pretendem tentar conseguir o visto….e digo uma coisa…não é tão difícil como parece!

      Abraços

  11. Olá Carol!

    Estou pesquisando em diversas agências para nos auxiliar para tirar o visto eu achei meio salgadinho os valores de 1.600,00 a 2.500,00. Eu gostaria de fazer tudo sozinha mais fiquei meio reciosa quando eu vi o questionário de 17 páginas, e além disso ..E se o visto for negado, pode ser meio complicado fazer uma nova solicitação? Eu conversei com uma agência, na qual me passou algumas informações :

    6 dicas do que não pode faltar na sua solicitação:
    1. Demonstrar que o relacionamento é verdadeiro e não simplesmente um casamento de conveniência só para conseguir visto;
    2. Demonstrar que vocês tem condições financeiras de se sustentarem;
    3. Demonstrar que possui um lugar decente para vocês viverem;
    4. Demonstrar que seu marido, esposa ou parceiro civil está presente e se estabeleceu no Reino Unido;
    5. Demonstrar que ambos pretendem viver permanentemente juntos como marido e mulher ou como parceiros civil;
    6. Demonstrar conhecimentos básicos em inglês através do Teste Ielts, Toelf ou Pearson entre outros testes aprovados.

    Ai que veio o desempero eu não tenho inglês fluente.. =(

    • Desculpe Carol, vou tomar a liberdade de comentar a mensagem da Marcela através da minha experiencia recente, espero que não se importe 😉

      Oi Marcela. Também passei pelo medo que vc está passando. Eu e meu marido estamos planejando morar em Londres um tempo e queria conseguir o visto pra ela já que tenho dupla cidadania. Pensamos em contratar uma agencia para fazer todo o processo mas a nossa situação financeira tá bem complicada agora então resolvi fazer todo o processo “sozinha”. Tive muita ajuda de blogs (como este) e pesquisas no Google, mas ainda assim tinha muitas dúvidas. Demorei uns 2 meses para preencher todo o formulário mas consegui. Juntei tudo que podia para provar nossa união e marcamos a entrevista dele em Brasilia. Agora, 3 semanas depois nossos documentos chegaram e o visto dele foi aprovado. Estamos muito felizes.
      Olha, não sei se seu caso é igual ao meu mas não tivemos que demonstrar nenhum conhecimento na língua inglesa não…apenas para traduzir o formulário, mas a maior parte dele já aparece a tradução.
      Bem, se eu puder ajudar em alguma coisa estarei aqui. Acredito que vc mesma possa fazer o processo desde que tenha tempo (e paciência) para organizar todos os documentos.
      Boa sorte!

    • Oi Marcella,
      Se você aplicar para o EEA FP, não é mecessário comprovar inglês.
      Enviar evidências de que se casamento/relacionamento é verdadeiro, é muito importante! Condições financeiras mínimas para viverem pelo menos uns 6 meses também.
      Quanto ao local, se decente ou não, você tem que enviar que possui um lugar para ficar desde sua chegada ao país.
      Não entendi o número 4, pois seu marido não precisa ir antes de você. Vocês podem ir juntos do Brasil para Londres.
      A Priscila deu o ótimo relato dela 🙂
      Mas qualquer dúvida me esceva 😉
      bjos

  12. Olá, meninas obrigada pela ajuda de vcs!!

    Vou tentar sozinha, eu posto novidades aqui no blog de como está sendo o processo.

    Bjos e obrigada!!

  13. Bom dia Carol!

    Estou juntamento toda a documentação para retirar o visto, como eu vou fazer pro conta própria fiquei com algumas dúvidas e se puder gostaria de um help..=)
    -É necessário a declaração de terceiro comprovando a União do casal ? É preciso da Declaração do europeu falando que é verdareira a união? (mesmo eu sendo casada no papel). É importante reconhecimento de firma (assinatura) e autenticação?

    Obrigada novamente

    • Oi Marcella,
      Eu enviei sim declaraçao de terceiros comprovando a União, bem como declaração do meu marido. Quanto mais evidências e informações enviar, melhor!
      Mas não mandei autenticado não… mandei cartas de próprio punho.
      Bjos

    • Boa noite Marcela. Pode me passar um contato seu para conversarmos? Estou em contato com a Carol que está me ajudando muito e gostaria de ter outros contatos. Obrigado.

  14. Boa tarde Carol,

    Gostaria de tirar uma duvida, minha noiva tem o eea family permit pelo meu sogro(padrasto dela) tendo em vista que ela não possui passaporte europeu, gostaria de saber se eu casando com ela esse “visto” passaria pra mim poder residir em londres e ficar com ela ?

    Se sim tem alguma período dela ter tirado para o casamento ?

    Obrigado,

    • Oi Roberto,
      Eu não tenho 100% de certeza, você teria que falar com o consulado para ter uma resposta garantida. Porém, eu acredito que esse visto não se extende a você, já que ela possui um visto de acompanhante de cidadão da União Europeia. Ela tem esse visto por estar acompanhando o pai dela europeu, mas não acredito que te dê direito a acompanhá-lo também.
      Mas ela não tem tempo suficiente de moradia no país para solicitar um passaporte europeu para ela? No caso da Inglaterra é possível depois de uns anos morando por aqui.
      Bjos

  15. Oi Carol, tudo bem?

    Obrigada pelos posts sobre o Family Permit, eles estão nos ajudando muito!!
    Eu vou tirar o family permit para acompanhar meu marido em Londres. Nós temos a certidão de casamento, mas nossos passaportes (o dele italiano e o meu brasileiro) são os da época de solteiros. Você sabe se precisamos pedir um novo passaporte atualizado com a nova situação de “casados”? Ou apresentando a certidão de casamento e fotos comprovando nosso relacionamento já são suficientes?

    Muito obrigada!

    Bjs

    • Oi Leticia,
      Fico muito feliz que o post esteja te ajudando.
      Desculpe, mas nao tenho 100% de certeza quanto a sua duvida, entao prefiro nao arriscar. Melhor consultar uma agencia especializada. Voce ja tentou?
      Bjos

      • Olá Carol!

        Por favor sabe nos dizer se o único documento que vocês enviaram em inglês e juramentado foi a certidão de casamento? Ou tiveram outros? Quanto a parte financeira, vocês enviaram comprovante bancário? Tipo extrato de banco?

        Muito obrigado!!!

      • Oi Jefferson,
        Em ingles com traducao juramentada foi so a certidao mesmo. Mandamos tambem umas cartas como a agencia nos orientou, mas tudo isso foi feito em ingles ja.
        Enviamos 3 meses de extrato bancario.

  16. Olá Carol!

    Fiquei muito feliz em achar o seu blog! Existem muitas dúvidas de como tirar o EEA family permit e poucas informações a respeito! Meu marido está de partida pra Londres em maio deste ano. Ele tem cidadania italiana, e após se estabilizar em Londres aplicarei o visto EEA family permit. Optei em ir depois que ele se estabilizasse, pois temos um bebê de 1 ano. Gostaria de saber se você pode me auxiliar em duas questões. A primeira é: Para eu aplicar o visto EEA, é necessário apresentar o passaporte original do meu marido no consulado britânico aqui do Rio de Janeiro ou pode ser somente cópia? Pergunto isso porque achei estranho ele ter que mandar o passaporte original, já que ele precisará do passaporte lá em Londres. A segunda é: Após ter a confirmação do visto, meu marido precisa vir ao Brasil para nos buscar ou ele pode nos encontrar no aeroporto em Londres?

    Desde já agradeço!

    • Oi Amanda,
      Que bom que o blog está ajudando 🙂
      Precisa aplicar com o documento original do seu marido, pelo menos comigo foi assim. Eles não aceitam cópias… apenas o original, mas eles devolvem em poucas semanas.
      Ele não precisa ir te buscar no Brasil, pois você já estará com o visto. Na imigração te perguntarão onde está seu marido, se ele está morando e trabalhando na Inglaterra e você responde a verdade, que sim e agora veio para ficar com ele.
      Caso tenha alguma dúvida específica, o melhor é sempre consultar o site do Home Office que aí não tem erro ou então uma agência especializada. Você já tentou falar com alguma para te ajudar? Veja se não vale a pena pagar para eles te ajudarem nesse período.
      Bjos

  17. Oie, Carol!
    Eu so vim agradecer… Graças ao seu blog, tirei duvidas sobre o EEA FAMILY PERMIT e conheci a Karina da Oi Londres. Eu tbm queria ir tranquila, sem passar por estresse… Resolvi seguir à risca todas suas dicas e foi a melhor melhor opção… Fazer td pela agência, sem me descabelar rs rs Eles deram todo suporte, cheguei lá com td separadinho, a Camila organizou td pra mim, só tiver que levar na VFS Global e Aguardar… E apesar de todo nervosismo e ansiedade, td valeu a pena!!!!
    Hoje recebi meu passaporte com o visto… viajo em Agosto🙏🙏🙏
    Super Obrigada pelas dicas e por compartilhar sua experiência…
    Bjos

  18. Olá Carol, tudo bem por aí? Irei fazer minha cidadania na Itália e depois disso preciso providenciar o visto para meu marido.
    Iremos juntos para UK… minha dúvida é se para dar entrada neste visto nós precisamos voltar para o Brasil ou poderia fazer na Itália logo após obter meu passaporte italiano? Não consigo encontrar informações sobre isso…. alguma luz? Beijos

    • Ola!
      Melhor procurar essa informacao no site do home office, pois so conheco casos de pessoas que aplicaram estando no Brasil. Como eh feita uma entrevista pessoal no Brasil, nao sei se eh possivel dar entrada pela Italia. Isso porque eles pedem varios comprovantes como extrato de banco e outros documentos originais. Deve ter algum jeito de aplicar o visto pela Italia, mas eh melhor procurar direto no site oficial sobre o visto para nao aplicar errado.
      So nao aconselho entrar com visto de turista, pois ele chegara ao país sem direitos de cidadao europeu e nao podera trabalhar ate que chegue o visto e passaporte dele (pode demorar ate 6 meses depois da aplicacao).
      Bjos

  19. Carol, obrigado por tudo.
    Priscila, estou apenas com uma dúvida no formulário.
    Vamos ver se alguém pode me ajudar.
    Não sei o que responder nesses campos:

    How much do you spend each month on living costs?

    How much of your total monthly income is given to your family members and other dependants?

    What is the cost to you personally of your trip in GBP(£)?

    The total amount of money you have for this trip
    Ela pode colocar o total do nosso dinheiro juntos, mesmo com os comprovantes do meu banco?

    The cost of the aeroplane, boat or train tickets

    The cost of your accommodation

    The cost of your living expenses
    Aqui seria a projeção dos custos em libras no UK?

    Minha esposa está aplicando, mas não tem trabalho fixo.

    Todo o nosso dinheiro está na minha conta corrente, ela não recebe salário, por isso não sei qual seria a melhor opção.

    Alguém poderia me dar uma luz para preencher essa parte?

    Estamos indo juntos e não sei se seria legal colocar a opção de sponsor, pois é o nosso dinheiro.

    Muito obrigado

  20. Carol, td bem? Agora com isto do Brexit, vc e seu marido pretendem fazer a cidadania britanica? Ele tem dupla nacionalidade, nao eh? Eu tbm tenho. Estou inseguro com estes acontecimentos recentes e nao sei qual a melhor opcao. Nao sei se eh possivel ter 3 cidadanias :/

    Obrigado pelo seu tempo! Vc ja me ajudou uma vez!

    Fernando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s